Dicas de inspiração para criar conteúdo rico e relevante

 

Quer ouvir ao invés de ler?

Quem escreve regularmente post para blog, sabe que essa é uma tarefa árdua nem sempre fácil de ser realizada.
Eu acredito que escrever para um blog possa ser comparado a criar arte.

Essa é, definitivamente, uma atividade que requer nossa atenção total, pois nela há uma estrutura que deve ser mantida, com início, meio e fim, para que o texto tenha coerência a quem estiver lendo.

E como uma arte, penso também que não seja todo o dia que nós estejamos prontos e preparados para sentar na frente de um computador e de nossa cabeça sair lindas palavras. Por isso que buscar inspiração é algo que pode fazer a diferença na hora de escrever um texto para blog, mas como obter inspiração para criar conteúdo? É o que iremos ler a seguir.

banner-dicas-de-inspiracao-para-criar-conteudo-rodrigo-maciel-consultor-marketing-digital

Experimente diversas formas de arte

Já falei de arte no início deste artigo, e essa dica é sem dúvida alguma muito importante para obter inspirações na hora de criar nosso conteúdo. A experiência de vivenciar diferentes formas de arte é um exercício mental muito importante para que possamos arejar e entregar para o nosso cérebro diferentes referências visuais.

Este exercício pode ser realizado com simples ações no seu dia a dia, como ir ao cinema, teatro, uma exposição de arte, visitar uma feirinha no centro da sua cidade, visitar pontos turísticos que você ainda não visitou ou visualizar vídeos no YouTube diferentes do que você está acostumado, são apenas alguns exemplos de diferentes formas de arte.

Não pense apenas no marketing

Quando focamos na criação dos conteúdos apenas em marketing, deixamos de lado um dos fatores mais importantes em um relacionamento com as pessoas: envolvimento. É preciso ter em mente que as pessoas gostam de se envolver, elas são atraídas por conteúdos interessantes e envolventes. E esses são majoritariamente criados por pessoas que gostam daquilo que estão fazendo.

Então na hora de escrever seu conteúdo não foque apenas no marketing. Pense em como aquele conteúdo fará realmente a diferença na vida de quem estiver lendo. Escrever um conteúdo no qual você se sente familiarizado e feliz é muito mais fácil e a chance de tocar a outra pessoa é maior.

Pense nas diferentes formas de conteúdo

Na dica anterior eu citei que devemos escrever sobre aquilo que amamos e que não devemos pensar apenas em marketing, já nesta dica vou citar as extensões que o nosso conteúdo pode ter. Não podemos de forma alguma, limitar a nossa criatividade, devemos entender quais são as ramificações que o nosso conteúdo pode ter, quais são as extensões e demais fatores que farão com que o nosso conteúdo fique ainda mais rico e interessante de ser absorvido.

Não tenha medo de se desafiar. Não tenha medo de explorar áreas que você anteriormente não havia explorado. Se o seu dom é escrever uma bela redação, não se limite apenas a isso, tente explorar outras áreas, assim, você poderá até mesmo descobrir novas aptidões.

Compreenda linguagem e comunicação

É preciso ter em mente também que esse exercício de explorar novas artes e novos conhecimentos antes não explorados, podem render para nós novas ideias e com isso obter novos resultados. Não precisamos ser especialistas pra compreender que existem diferentes formas de comunicação e linguagem e que cada uma delas gera resultados diferentes.

Precisamos entender que cada conteúdo, cada formato em diferentes canais podem obter diferentes tipos de resultados, não podemos ficar reféns apenas de um formato, devemos explorar novas formas e com isso entender a resposta do nosso público-alvo para cada uma delas.

Construa seu banco de referências

Porque não devemos esquecer do já tão conhecido: benchmarking. Ele é sem dúvida alguma uma fonte de inspiração importante na hora de fazer a construção e elaboração dos nossos conteúdos. O benchmarking serve acima de tudo como uma forte referência, não apenas de textos e conteúdos, mas também imagens, vídeos e sons.

Devemos ter em mente o que, e quando postar. Então, após obter este vasto acervo de informações, você já estará munido de dados o suficiente para escrever e publicar um excelente material em seu blog.

Tenha em mente que quanto mais informações você tiver, melhores serão os seus resultados.

É importante ressaltar que não faço aqui apologia a cópias de conteúdos ou materiais online, mas precisamos compreender o que o mercado anda consumindo e na hora de pôr em prática, realizar algo muito melhor e muito mais interessante, mais inteligente, com o seu ponto de vista e com a sua assinatura.

benchmarketing-criar-conteudo-rodrigo-maciel-mkt-digital

Anote tudo, e se possível no papel

Uma última dica e não menos importante, é fazer anotação de tudo o que você tem visto e feito de diferente, não importa o momento, não importa o local, tenha sempre em mente que ideias vão e vem como um piscar de olhos.

Faça um exercício também de anotar as suas ideias em um papel. Há um estudo científico que aponta que toda anotação realizada em um papel é melhor absorvida pelo cérebro, por isso tenha sempre por perto um papel e uma caneta.

Certamente eles serão um poderoso aliado na hora de registrar as suas ideias, afinal, quem nunca passou por um momento em que teve a ideia e por que esqueceu de anotar acabou perdendo uma valiosa (e milionária) oportunidade.

 

Todas essas dicas são, de alguma maneira, uma forma de exercitar o nosso cérebro em busca de um maior conhecimento. Explorar áreas nunca antes exploradas farão com que tenhamos novos pontos de vista e muito mais argumentos.

Tenho certeza que com essas dicas você estará preparado para criar muito mais conteúdo rico e relevante para a sua audiência. Faça o máximo de experiências com seu cérebro. Acredite, ele está pronto pra isso!