Uma das formas de se comunicar nesse século tecnológico que vivemos são os vídeos. Você já deve ter reparado que aquele seu cantor, personalidade, atriz, comediante ou blogueiro utilizam essa mídia para se comunicar com seus seguidores, isso porque fazer vídeo é uma das melhores formas de se comunicar nos dias atuais.

O vídeo consegue transmitir tudo aquilo que você quer falar para o seu público sem precisar usar outros artifícios ou precisar fazer um texto gigantesco, coisa que muita gente ignora hoje em dia. Afinal, quem é que tem tempo para ler um texto enorme? Poucas pessoas, claro.

E com o vídeo você consegue fazer isso de forma rápida e com poucos artifícios. O problema é que nem todo mundo gosta de fazer vídeo, pode perceber que a maioria das pessoas gosta de fotos e de ver vídeos, mas quando o assunto é aparecer na telinha, elas fogem como o diabo foge da cruz.

É normal ter esse medo de vídeo, mas, se você trabalha com a sua imagem, é muito importante perder esse medo de fazer vídeo, isso porque essa mídia é a alma de quem trabalha com a imagem, seja vendendo seu rosto ou um produto. Imagina um blogueiro ou um comediante tendo medo de fazer vídeo? Não dá, não é?

Além do mais, o vídeo tem um poder enorme de gerar ainda mais conexão entre você e a sua audiência. Quando fazemos um vídeo e colocamos nosso rosto a frente, estamos de alguma maneira olhando para a tela e nossos olhos se conectando com quem está nos vendo.

Essa conexão pode ser acionada por vários motivos, seja pela forma como você compartilha o conteúdo, suas feições, simpatia, mas sem dúvida alguma ela pode ser complementada por vários outros artifícios como o áudio, edição, cortes da imagem e até mesmo a inserção de outros vídeos dentro do seu vídeo.

Quanto mais e melhor for a edição maiores são as chances de conexão. Mas não se prenda caso você não saiba editar ou não tem a grana para contratar um editor… Dependendo do seu nicho de atuação a internet aceita e muito vídeos mais caseiros como apresentação. Já diria o todo poderoso Whindersson Nunes!

É por esses e outros motivos que vou te ensinar algumas técnicas para você perder esse medo de fazer vídeo e conquistar sua audiência por meio dessa mídia.

Como perder o medo de fazer vídeo

1 – Escolha uma tema que você conheça

Perder o medo de fazer vídeo não é tão difícil quanto você pensa, o primeiro passo para perder esse medo de uma vez por todas é optando por um tema que você domina para falar no vídeo.

Não adianta você querer começar por um tema super difícil, assim você não vai conseguir nem falar sobre o tema e nem fazer um vídeo natural. Já escolhendo um tema que você domina, o vídeo vai sair muito melhor e com mais tranquilidade.

2 – Crie uma script de apresentação

Outra forma de você perder esse medo de fazer vídeo é criando uma estrutura, de ideias. É importante incluir nessa estrutura uma apresentação rápida do seu canal e de você. O próximo passo é fazer uma chamada para ação, ou seja, uma convite.

Você pode pedir para as pessoas se inscreverem no seu canal, seguir suas redes sociais ou qualquer outra ação que você deseja destacar. Aí é só você falar sobre o tema escolhido. Uma forma de te ajudar a falar sobre o tema é dividi-lo em tópicos ou numeração.

Por exemplo, “a primeira dica para perder medo de fazer vídeo é”, e, assim por diante, você segue o vídeo enumerando outros tópicos. Assim, você não se perde e nem fica com receio de se perder e transmitir isso no vídeo.

Essa dica de dividir seu vídeo em partes pode ajudar principalmente na hora de você fazer a gravação do vídeo. Assim você não precisará fazer um vídeo direto, preocupando-se em não errar.

3 – Crie tópicos

Perder o medo de fazer vídeo também se concentra no roteiro, fazer um roteiro adequado para o seu vídeo facilita e muito o processo. Com o roteiro, sua fala irá fluir de forma melhor e mais organizada.

A grande dica aqui é, primeiro, falar sobre assuntos que você domina com maestria, e segundo faça uma pauta por tópicos… Vou te dar um exemplo de uma pauta.

Veja, eu coloco apenas os tópicos que vou falar. Dessa maneira ao criar essa pauta eu já penso no formato em que o  vídeo vai se desenrolar. Fácil Fácil. 😉

Aí é só anotar no local que você preferir, pode ser no caderno, no celular ou no computador.

4 – Ensaie bastante

Assim como fazemos em qualquer outra situação da vida, você também pode ensaiar para perder esse medo de fazer vídeo. Você pode ensaiar na frente do espelho, no chuveiro, no escritório, no banheiro, enfim, onde você se sentir mais confortável para treinar seu texto.

Uma coisa que pode te ajudar é você pensar em como vai falar, mas nada de criar um personagem, dar um nome para o seu celular (ou a sua câmera). É preciso que você seja o mais natural possível, essa naturalidade será percebida pelos internautas e é também grande parte do charme das pessoas que fazem vídeos.

Fazer vídeo não é nenhum bicho de sete cabeças, com o tempo você pega o jeito (por isso é preciso de prática) e o processo vira algo natural do seu dia a dia.

Aliás, falando em vídeo, esse artigo surgiu desse vídeo que eu publiquei no Youtube. Aqui você tem as informações de forma melhor apresentada. Veja a diferença e depois me conta qual a experiência você gostou mais.

No Comment

Comments are closed.