fbpx

O marketing digital é uma área que está em plena ascensão em todo o mundo. Acompanhar as tendências e novidades desse mercado pode não ser uma tarefa fácil, já que constantemente surgem novas funcionalidades nas redes sociais, ferramentas mais tecnológicas e tantas outras inovações que acabam dificultando a contração de profissionais em agências digitais.

A explicação é simples: em muitos casos, os cursos de ensino superior não acompanham as mudanças na área de marketing digital e acabam passando um conhecimento que não se alinha às novas necessidades do mercado.

E aí, contratar profissionais qualificados em agências digitais se torna um grande desafio!

A ausência de conhecimento dos novos profissionais pode acabar impactando diretamente nos resultados da sua empresa. Os principais problemas decorrentes dessa falta de conhecimento são:

Turnover

Turnover é a rotatividade acelerada de profissionais em uma empresa. Nas agências digitais, isso tem sido um problema cada vez mais comum, justamente pela falta de capacitação dos profissionais contratados.

Quando um profissional é contratado e não demonstra pleno conhecimento em sua área de atuação é normal que ele seja substituído. E o que pode acontecer em seguida, é contratar outro profissional com o mesmo problema. Isso é mais comum do que você imagina e, por isso, o turnover em agências digitais é tão grande.

Mas o turnover não limita-se apenas a capacitação do funcionário, ele está em um ponto que considero muito importante em um relacionamento profissional: O alinhamento de expectativas.

Alinhar expectativas não deve ser realizado apenas com os clientes, internamente esse tipo de alinhamento é fundamental. Por isso, é importante deixar isso muito claro nos manuais da sua empresa.

O que esperar de cada cargo? Como ele vai evoluir tanto na carreira quanto no aumento de salário? Quais serão – de fato – as suas atividades?

Quanto mais honesta e transparente forem estas informações, menores serão as chances de que a saída desse colaborador ocorra.

Qualificação reduzida

E o que acontece quando profissionais não possuem amplo conhecimento e acompanham as mudanças no cenário do marketing digital?

Não é incomum que as empresas acabem diminuindo as exigências na hora da contratação e optando por um profissional com qualificação reduzida.

Afinal, antes ter um profissional mediano do que não ter nenhum, certo? Errado. Isso pode acabar custando caro para sua agência, já que dificilmente você conseguirá obter resultados satisfatórios com um profissional que possui pouca qualificação.

Opte por reduzir cargas horárias com profissionais melhores e mais qualificados, assim você adiciona qualidade para os seus serviços entregues.

Há também a possibilidade de freelar estas atividades, com isso, você mantém os custos enxutos sem perder a qualidade nas entregas.

Atendimento ao cliente comprometido

Quando há uma alta rotatividade de profissionais em agências digitais, o atendimento aos clientes também pode ser prejudicado.

Pense bem: se já há um diálogo mais característico, que segue uma determinada linha e tem um toque mais pessoal de cada profissional com um cliente específico, o ideal é que a comunicação siga na mesma linha.

Mas essa comunicação, muitas vezes, fica perdida no processo de troca de profissionais [CUIDADO COM ISSO, OK?].

Sempre que chega um novo profissional, há um novo processo de entendimento do cliente e até “pegar no tranco” novamente pode acabar consumindo um tempo precioso e abaixando o índice de satisfação do cliente.

Como evitar (ou minimizar) esses problemas

A boa notícia é que dá para reverter esse quadro e contar com bons profissionais em sua agência digital. A seguir, você confere algumas dicas para evitar, ou ao menos minimizar, esses problemas.

Tenha uma missão clara e definida

Quando você tem um propósito específico, com uma missão e valores claros, fica muito mais fácil encontrar profissionais que se identifiquem com seu propósito.

E isso é mais importante do que você pensa. Profissionais engajados com sua empresa e que acreditam em seus ideais são muito mais propensos a realizarem um trabalho de qualidade.

Alinhe os descritivos das vagas

Você pode até querer que os novos profissionais de sua agência digital desempenhem funções novas em seus cargos. Isso é totalmente compreensível, pois como eu já disse, o cenário de marketing digital está em constante evolução.

Mas é importante que você alinhe suas vagas aos descritivos de vagas já existentes, para não dificultar a contratação de profissionais, e com o tempo você pode ir alinhando esses descritivos de acordo com suas necessidades.

Questione os colaboradores

Da mesma forma que você pode demitir um colaborador por não se adequar à sua realidade/princípios e valores, ele pode acabar encontrando outra vaga que se adapta mais às suas necessidades e conhecimentos.

E aí, provavelmente você irá perdê-lo. Mas não deixe de questioná-lo sobre essa mudança. O que o fez mudar de emprego? O que ele mudaria em seu job description? No que a nova vaga tem de diferencial em termos de atividade?

Esses questionamentos são importantes para que você possa adaptar sua agência digital às novas realidades do mercado.

Confira um vídeo sobre o tema:



Se você é dono de uma agência digital já deve ter enfrentado esses desafios na prática. E se você está pensando em abrir uma empresa do ramo, fique ciente do desafio de contratar profissionais em agências digitais.

Ser formado em Publicidade, Comunicação Social, Jornalismo e até mesmo Marketing não garante que o profissional terá pleno conhecimento do cenário atual de marketing digital.

Por isso, fique atento às mudanças e procure sempre qualificar seus colaboradores!

No Comment

Comments are closed.